Estudo do Instituto New England Complex Systems revela onde o Twitter tem mais presença no mundo

Foi realizada uma pesquisa com a rede social Twitter com o intuito de criar um mapa global sobre onde a rede é mais usada. O estudo realizado pelo Instituto New England Complex Systems, por meio das menções na rede social, conseguiu mapear todo o fluxo comunicacional da ferramenta e colocar todo o material levantado em um vídeo que mostra a evolução e caminho que os dados percorrem. A pesquisa teve início em 2013 e devido ao seu período de desenvolvimento mostra com clareza as conexões que a rede proporciona. Ainda mostra que os locais com mais desenvolvimento econômico, como Europa e Estados Unidos, têm mais usuários e por isso um maior engajamento. Já em países menos desenvolvidos ou fechado, possuem menos conexões. Além disso, nos países com muita capilaridade da rede social, há muita interação entre os membros do próprio país, devido a similaridade cultural e facilidade com o idioma. Como resultado, foram encontrados 16 pontos globais de destaque, sendo o Brasil um deles.

 

Leia na íntegra. 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

EPCC Brasil disponibiliza eventos científicos sobre comunicação, cultura e informação

07.08.2020

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo