Relatório denuncia uso de concessões públicas de rádio e TV para autopromoção eleitoral

Relatório divulgado pelo coletivo Intervozes na terça-feira (28) traz as violações ao direito à  comunicação que marcaram o ano de 2018 e que tem na concentração de mídia apenas uma de suas faces. No ano foram destaque também o uso de fake news pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) para conquistar vitória nas eleições, como também as violações ao direito de protesto e as ainda restritas políticas de acesso à internet.

Please reload

Posts Em Destaque

"Cultura, Comunicação Organizacional e Novas Tecnologias" é tema de análise no RJ

22.10.2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo