Mulheres negras da história brasileira retratadas em cordel

Jarid Arraes, escritora cearense, cordelista e poeta, retrata em Cordel as trajetórias de 10 mulheres negras da história do Brasil. Histórias pouco conhecidas, que raramente são encontradas nos currículos da educação formal básica ou até mesmo superior, e cuja escrita teve como base uma ampla pesquisa pessoal. Partindo do problema que se cria a partir da ausência de grandes feitos de mulheres negras nas narrativas dominantes, a autora publicou relatos biográficos de nomes como Maria Felipa, líder nas batalhas pela independência na Bahia. Zeferina, líder do quilombo de Urubu, Anastácia, hoje cultuada como santa e Antonieta de Barros, a primeira deputada negra do Brasil. O objetivo é despertar curiosidade e construir memória, a partir da Literatura de Cordel, sobre estas e outras histórias semelhantes apagadas, ou pouco contadas.

 

O cordel que conta a história de Tereza de Benguela está disponível gratuitamente.

Demais cordéis podem ser encontrados no site da autora.

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

"Cultura, Comunicação Organizacional e Novas Tecnologias" é tema de análise no RJ

22.10.2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo