Huawei volta a ser acusada de espionagem e roubo de segredos industriais por EUA

Nesta quinta-feira (13), o governo dos EUA voltou a acusar a Huawei de conspiração criminosa e roubo de segredos industriais. O Departamento de Justiça (DoJ) emitiu nota acusando a fornecedora chinesa, afirmando também que a companhia teria negócios na Coreia do Norte e de que teria auxiliado o governo do Irã a fazer vigilância doméstica. Ambas as nações são sujeitas a bloqueio por parte dos EUA, União Europeia e/ou Nações Unidas. A Huawei e duas de suas subsidiárias - Skycom Tech e Futurewei Technologies - também foram enquadradas por acusações a filha do CEO Ren Zhengfei, a CFO Wanzhou Menng, herdeira do grupo chinês presa no final de 2018 no Canadá a pedido dos EUA. Foi enviado, na quarta-feira (12), o ofício com a denúncia no tribunal federal em Brooklyn, Nova York. 

 

Leia na íntegra.

Please reload

Posts Em Destaque

"Cultura, Comunicação Organizacional e Novas Tecnologias" é tema de análise no RJ

22.10.2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo