Assessor comercial da Casa Branca espera ação agressiva dos EUA contra o TikTok e o WeChat

O assessor comercial da Casa Branca, Peter Navarro, aguarda tomada de medidas agressivas pelo presidente Donald Trump contra o TikTok e o WeChat. Para Navarro, os aplicativos enviam os dados dos usuários estadunidenses ao Partido Comunista Chinês. Na terça-feira (7), Trump confirmou estudar a possibilidade de proibir o TikTok nos Estados Unidos. Em meio ao crescimento das tensões entre China e EUA, o WeChat e o TikTok, ambos aplicativos chineses, representariam ameaças ao país na visão dos republicanos, já que possuem mais de um bilhão e quase um bilhão de usuários, respectivamente. Além disso, a Amazon pediu que seus funcionários deletassem o TikTok de seus smartphones na última sexta-feira (10). Porém, algumas horas depois, a empresa explicou que havia sido um engano. Também o banco Wells Fargo, atuante nos Estados Unidos, solicitou que seus funcionários deletassem o aplicativo de seus dispositivos. 

 


Leia na íntegra. 

Please reload

Posts Em Destaque

EPCC Brasil disponibiliza eventos científicos sobre comunicação, cultura e informação

07.08.2020

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo